FECATE ESTARÁ PRESENTE: 2ª Reunião Descentralizada do Conselho Estadual de Cultura SC ocorre em Joinville no dia 26/07






A segunda Reunião Descentralizada do Conselho Estadual de Cultura SC (CEC-SC) acontecerá na cidade de Joinville sediará, na próxima terça, dia 26 de julho de 2016. A proposta da descentralização dessas reuniões do CEC-SC é para que o todo o estado de SC tenha condições de acompanhar o trabalho do CEC-SC, que sempre se encontrou exclusivamente na capital do estado, Florianópolis. O CEC-SC também buscar ouvir as necessidades e especificidades de cada macroregião, por isso as Reuniões Descentralizadas tem microfone aberto ao público presente.

Estão convidados todos os trabalhadores do setor cultural do estado de SC e comunidade em geral. Segundo site do CEC-SC (http://conselho.cultura.sc), uma das pautas dessa segunda reunião "é o fortalecimento dos Conselhos Municipais de Cultura e a formação de uma rede estadual de conselhos". 

A Federação Catarinense de Teatro esteve presente desde o primeiro encontro e assim permanecerá acompanhando esse trabalho do CEC-SC pelo interior do estado de SC. Convidamos todo o setor a se fazer presente e desde já nos colocamos a disposição para diálogo com cada região. A Fecate também esteve presente no Encontro do Conselho de Gestores de Cultura de SC - CONGESC em 2016. Confira fotos abaixo.

O quê: Reunião descentralizada do Conselho Estadual de Cultura - SC

Data: 26 de julho de 2016 - terça-feira

Horário: 13h às 16h45

Local: Câmara de Vereadores de Joinville (Av. Hermann August Lepper, 1100 Bairro Saguaçu, Joinville-SC)


Registros da 1ª Reunião Descentralizada 
do Conselho Estadual de Cultura - SC em Chapecó-SC:



Na foto abaixo (da esq. para dir.:):

Qiah Salla (presidente do Conselho Consultivo da FECATE),
Emanuele Mattiello (Diretora de Comunicação da FECATE),
Lariessa Soligo (presidente da FECATE) e
William Sieverdt (Conselheiro Consultivo e ex-presidente da FECATE).



Na foto abaixo (da esq. para dir.:): 

Deivison Maicon Garcia (CEC-SC - representante da área da Dança)
Cristiane Pedrini Ugollini (CEC-SC - representante da área da Arte Educação)
Maria Tereza Piccolli (CEC-SC )


Fotos abaixo de Mauri Oliveira: a presidente do CEC-SC Roselaine Vinhas abre a plenária.



Registros do Encontro do CONGESC - 2016, em Chapecó-SC: 


Livro "Teatro Catarina" de Jairo Maciel é lançado em Lages-SC


Com muita alegria o livro "Teatro Catarina" de Jairo Maciel foi lançado na última quarta-feira, dia 13 de julho de 2016, em Lages-SC. Confira mais na reportagem de Marciano Corrêa:


Livro que trata do teatro em Santa Catarina é lançado no Marajoara (2).JPG


Livro que trata do teatro em Santa Catarina é lançado no Marajoara


Jairo Maciel cita a atuação de lageanos como Nelson Furmiga e o Grupo Choupana, Guigui Fernandes no Grupo Menestrel Faze-Dô e dos atores Lota 
Lotar Cruz e Marco Neto, no período que participou da diretoria e das mobilizações da Fecata (atual Fecate).

O araranguaense Jairo Maciel escolheu um dos locais mais simbólicos em Lages para lançar sua obra Teatro Catarina – 15 Anos. O evento ocorreu 
nesta quarta-feira (13) no Marajoara. No encontro, que reuniu artistas e amigos do escritor, o bate-papo sobre a arte foi o que predominou.

No livro, Jairo Maciel, o homem do teatro catarinense, reconstitui e expõe a sua visão das lutas da classe teatral de seu Estado ao longo das décadas 
de 1970 e 1980, período da fundação da Federação de Teatro de Santa Catarina (Fetesc), posteriormente Federação do Teatro Amador (Fecata) e da 
Federação Catarinense de Teatro (Fecate).

De presença ativa e participação direta nos fatos narrados, Jairo propõe com sua obra uma reflexão sobre os meios necessários para que a atividade 
teatral se expanda e fortaleça. Ele também narra a necessidade de afirmar um ideal coletivo para compor um todo favorável aos teatros catarinenses, 
enveredando para a historiografia do teatro amador brasileiro.

Jairo lembra que Lages teve papel central na história, sendo, à época, um dos eixos de produção teatral amadora do Estado. “A cidade chegou a ter 
mais de dez grupos atuantes e diversos protagonistas que compunham as federações criadas naquele período”, recorda.

O artista cita a atuação de Nelson Furmiga e o Grupo Choupana, Guigui Fernandes no Grupo Menestrel Faze-Dô e dos atores Lota Lotar Cruz e Marco 
Neto, no período que participou da diretoria e das mobilizações da Fecata. O livro também foi lançado em Joinville. Ainda neste mês será apresentado 
nos municípios de Laguna e Itajaí. Teatro Catarina - 15 anos está à venda no Museu Thiago de Castro a R$ 40.


Sobre o autor

Jairo Maciel é ator e diretor, doutor em direção teatral pela Escola de Comunicação e Arte (ECA) da Universidade de São Paulo (USP). Professor titular na 
Faculdade Paulista de Artes (FPA) nas disciplinas de interpretação, laboratório de montagem, cenografia, didática e política de legislação educacional. 
Constam em seu currículo quase 100 montagens teatrais, sendo 17 de sua autoria, 12 adultos e cinco infantis. Em 1994 editou, em Nova York, o livro de 
contos A Traveller’s Road. Desenvolve pesquisa artístico-pedagógica com foco no teatro físico e o grotesco no teatro junto ao Grupo Caminhando, que atua 
desde 1982, em Joinville.





Fonte: Reportagem de Marciano Corrêa para "O Momento", disponível em:


http://www.adjorisc.com.br/jornais/omomento/2.1717/livro-que-trata-do-teatro-em-santa-catarina-%C3%A9-lan%C3%A7ado-no-marajoara-1.1924205